Durou menos de 8 horas a suspensão do protesto que bloqueou a BR 364, no distrito de Vista Alegre do Abunã, em Rondônia, fechada por manifestantes desde a manhã da última terça feira(24).

Ontem a noite, o grupo que fechou a estrada para tráfego decidiu liberar a passagem de veículos, mas voltou a fechar o trecho na manhã desta quinta feira(26).

Segundo a PRF em Rio Branco, uma equipe continua no local negociando com os líderes do movimento. O bloqueio está sob a responsabilidade um grupo de moradores da comunidade amazonense Kuruquetê, que cobram a instalação da rede de energia elétrica onde moram.

Em nota, a Eletrobrás em Rondônia informou na manhã de hoje, que não é responsável pelo implantação da energia na comunidade, e esclareceu que essa atribuição compete ao governo do Amazonas.

A PRF informou que a fila de veículos nos dois lados onde ocorre o manifesto supera os 8 km e que por enquanto, não existe previsão para que o tráfego seja liberado.