O Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre (UFAC) ficou completamente lotado para a abertura do 4º Fórum Municipal de Educação Infantil e o 6º Fórum Acreano de Educação Infantil, uma realização do Fórum de Educação Infantil do Acre e da Secretaria Municipal de Educação de Rio Branco (SEME). A declaração de abertura foi feita pelo secretário Márcio Batista, titular da SEME, com homenagem dos trabalhadores da educação ao prefeito Marcus Alexandre. A cerimônia foi bastante prestigiada, contando com as presenças da vice-prefeita de Rio Branco, Socorro Neri; do senador Jorge Viana, dos vereadores Rodrigo Forneck e Eduardo Farias (presidente da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Rio Branco); reitor e vice-reitora da UFAC, respectivamente Minoru Kinpara e Guida Aquino; a ex-deputada Perpétua Almeida; Charlene Carvalho, presidente do Colegiado de Diretores de Escolas Públicas de Rio Branco (CODEP); Claudionor Cordeiro, da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME); e a professora Ana Regina, do Fórum Acreano de Educação Infantil.

Com o tema ‘Sobre as sutilezas de educar a criança pequena’, o Fórum teve início realçando seu principal objetivo, que é o de oportunizar a troca de experiências entre profissionais, bem como a ampliação de conhecimentos de conteúdos inerentes ao trabalho da criança da primeira infância. A programação inclui apresentações culturais, palestras, oficinas, minicursos –e, na abertura, artistas do Centro de Multimeios da SEME e o Grupo do Palhaço Tenorino fizeram algumas apresentações musicais e teatrais junto com crianças de escolas infantis da capital.

Os profissionais da educação infantil escreveram uma carta ao prefeito Marcus Alexandre agradecendo o empenho em favor do ensino da primeira infância e que foi lida pela professora Maria Rodrigues, da Creche Francisca Leite. O prefeito recebeu duas placas, do CODEP e do Fórum Acreano de Educação Infantil, em gratidão aos avanços obtidos em sua gestão. Emocionado, o prefeito também agradeceu aos trabalhadores. “Tenho certeza de que o que me trouxe até aqui foi a educação”, disse Marcus Alexandre.

O senador Jorge Viana também expressou seus sentimentos em relação ao trabalho desenvolvido nos últimos anos na educação da capital. “Tenho muita alegria de participar de eventos como este, que mostram o resultado do trabalho de todos”, disse o senador. “Porque nós compartilhamos do entendimento de que a etapa mais importante é a educação infantil”, completou a vice-prefeita Socorro Neri.

Rede quase triplica em vagas, novos professores, escolas e creches na gestão Marcus Alexandre

O Fórum é o instrumento legítimo para a elaboração e o monitoramento de políticas públicas para a Educação Infantil, uma das prioridades da gestão do prefeito Marcus Alexandre. Nos últimos cinco anos, os investimentos viabilizaram a construção de 14 novos centros de educação infantil, o que permitiu criar mais de cinco mil novas vagas em creche e pré-escola. Atualmente, a rede municipal de Educação conta com 90 unidades que atendem mais de 25 mil crianças. Desses, 14.691 são alunos da Educação Infantil.

Mas não é só isso: o secretário Márcio Batista apresentou dados importantes e atualizados acerca dos avanços obtidos na última década, com ênfase no período em que Marcus Alexandre está à frente da Prefeitura de Rio Branco.

Há dois momentos para deixar claro o grande passo na caminhada que levou Rio Branco à 3ª posição entre as capitais no Índice de Oportunidade da Educação (IOEB) 2017: o primeiro ocorreu quando houve a municipalização de parte do sistema de ensino, em que a Prefeitura assumiu 14 escolas. Nesse período, o número de matriculados saiu de 2.848 para 9.386 estudantes.

No segundo momento, já com a educação infantil institucionalizada em Rio Branco na gestão de Marcus Alexandre, as matrículas em creche saltaram de 1.383, em 2012, para 4.928, em 2018, apresentando crescimento de mais de 250% -e, na pré-escola, as matrículas saíram de 8.433 para 10.394, registrando aumento de 23,25%. “A gestão de Marcus Alexandre abriu, no total, 5.506 novas vagas na educação infantil, superando o compromisso assumidos em 2012”, observou Márcio Batista.

Os números realmente comprovam o esforço da gestão em uma área estratégica da educação. Em 2012 havia 12 unidades de ensino infantil em Rio Branco e em 2018 já são 30 estabelecimentos. O dado que chama a atenção, no entanto, refere-se aos investimentos em pessoal: em 2013 a educação contava com 991 profissionais e em 2017 somavam 1.538 docentes e pessoal de apoio. Em 2016 a Prefeitura realizou um grande concurso e contratou 1.043 novos profissionais. São mais de R$12,5 milhões investidos anualmente na educação da primeira infância.

Programação ampla e diversificada

Da programação, que é ampla e diversificada, constam novidades interessantes como a apresentação e oficina de música com o Grupo Canela Fina, da Bahia, e a oficina de Artes Visuais e Fotografia, com o premiado fotógrafo acreano Marcos Vicentti. A oficina de Contação de Histórias está sob a responsabilidade da professora coordenadora do Centro de Multimeios de Rio Branco, Marília Bonfim.

Entre os palestrantes convidados estará a professora Dra. Silvanne Ribeiro dos Santos, da Universidade Federal da Bahia, que abordará o tema ‘Leitura e Escrita na Educação Infantil, e a professora Dra. Ordália Alves de Almeida, com a palestra ‘A Educação Infantil e a Base Nacional Comum’.

O evento conta com o apoio do Movimento Interfóruns da Educação Infantil do Brasil (MIEIB), da Universidade Federal do Acre (UFAC), da Federação de Teatro do Acre, Teatro GPT Acre, do Centro de Multimeios, Serviço Social do Comércio (SESC) e Instituto de Educação e Cultura Abaporu.