Servidores do município de Porto Walter fizeram uma manifestação na manhã de hoje (27), em frente ao posto de serviços do Bradesco. Eles protestam pela falta constante de dinheiro que provoca o atraso no pagamento de salários e outros benefícios.

A novela, segundo o chefe de gabinete da prefeitura, Donicélio Nunes, se arrasta há meses sem nenhuma solução.

Mesmo com a prefeitura creditando os recursos entre os dias 22 e 27 de cada mês, os servidores não conseguem sacar seus salários.

“A agência vive sem dinheiro. O gerente, senhor Raífe já esteve no gabinete do prefeito, foi convocado pela Câmara Municipal, prometeu resolver o problema, mas tudo ficou na conversa, prejudicando a população e o comércio”, acrescentou Nunes.

O Posto é a única instituição financeira existente no município. O Banco Postal, administrado pelos Correios, não paga a folha mensal disponibilizada pelo município. A assessoria jurídica foi acionada e promete entrar com medidas cabíveis contra o banco.

“O dinheiro da folha foi antecipado esse mês visando o feriado da Semana Santa, foi depositado dia 22, hoje, praticamente véspera de feriado alguns servidores não conseguiram sacar seu salário porque o banco mais uma vez está sem dinheiro”, voltou a argumentar Nunes.

De acordo informações que a reportagem teve acesso, um técnico que se deslocou de São Paulo está em Cruzeiro do Sul, não embarcou ainda para Porto Walter por causa de condições climáticas que provocaram o fechamento do aeroporto.

Repóerter Marcelo Gomes