Após ter sido criticado por um dos líderes do MDB, João Correira, por ter declarado apoio ao pré-candidato ao governo, Gladson Cameli (PP), o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, afirmou que está de malas prontas para deixar o MDB e se filiar ao PP de Cameli.

Ilderlei Cordeiro afirmou que considerou a decisão do MDB de deixar de apoiar Gladson Cameli, conforme foi decidido na última quinta-feira (15), arbitrária por nao ter ouvido todas as lideranças da sigla. Ele frisou que o apoio dele a Gladson vai além das cores partidárias.

“O Gladson Cameli para mim é um irmão, meu primo, pessoa que considero muito e não há hipótese de eu não apoiá-lo”, diz.

A respeito da possível saída do MDB, Ilderlei afirma que já está em avançadas conversas com os progressistas. “Estou com os pés no PP, isso é 90% decidido”, diz.

fonte Folha do Acre